One Response to “Poesia romântica: “Deixa” (de Lídia Vasconcelos)”

Comments

Read below or add a comment...

  1. MARTA O UROPRETANO

    o e amor quemnunca amor e nao fez lucaras de amor quem nunca pam oerdeu seu amor deixou seu amo ir embora e por um minuto nao deixo se ama ai meu amo con ta s coisa eu queria de falado para vc mais o passado nao volta amor esto de esperando no futuro

Deixe um comentário...

Para continuar a utilizar este site, você deve concordar na utilização de cookies. mais informações

As configurações de cookies neste website estão marcadas para "permitir cookies" de modo a lhe proporcionar a melhor experiência na sua navegação. Se você concordar em continuar a utilizar este site sem mudar sua configuração de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, você está indicando estar de acordo com isto.

Fechar